5 passos para criar um anúncio no Facebook Ads

Por Pati Abbondanza

Você já tentou fazer um anúncio no Facebook ou Instagram e parou no meio? Ou fez um anúncio que não deu resultado? Se sim, provavelmente você não passou por esses 5 passos antes de começar. E se nunca tentou, comece por aqui e o anúncio vai sair quase que naturalmente.

  1. Determine o objetivo da campanha

Pare e pense, o que você quer como resultado desse anúncio? Ganhar mais curtidas na página? Alcançar o maior número de pessoas e apresentar a sua marca? Ou simplesmente gerar mais lead* ?
Independente da sua escolha, é preciso determinar o objetivo antes de começar, pois ele vai ser o fio condutor de todos os detalhes do anúncio.

  1. Defina quem você quer atingir

Pensando no objetivo que você desenhou, quem você quer que veja seu anúncio?
Tente pensar além dos dados demográficos {homem, mulher, de tantos a tantos anos, que moram no Brasil}, eles são super importantes mas podem dizer pouco sobre o seu público.

Quais podem ser os temas de interesse dessas pessoas? Culinária? Gastronomia? Doces? Comida Saudável? Com o que essas pessoas trabalham? Quais páginas elas curtem nas redes sociais?

Tente pensar nessas categorias primeiro, os dados demográficos virão como consequência.
Se você não sabe exatamente qual é o público do seu produto ou serviço, vale começar com um público mais amplo. Os resultados vão te dizer quais grupos interagiram mais com a sua campanha, e esse pode ser um cheiro de quem curte seu negócio.
No Facebook Ads, você pode criar também um público através de uma lista de e-mails. Se você está começando e já tem uma lista de interessados no seu produto, vale a pena começar por aqui!.

  1. Crie o conteúdo

Determinado o porquê do seu anúncio e para quem ele vai aparecer, agora é a hora de desenhar o conteúdo. A imagem/vídeo e o texto que você vai usar podem determinar o sucesso do seu investimento, então pare e pense com calma.
Lembrando que: imagens com texto geralmente perdem relevância em anúncios no Facebook, que tal colocar uma imagem bonita do seu produto e investir no texto apenas na legenda?
E se você não tem uma imagem legal, o banco de imagens da própria plataforma pode te ajudar!

  1. Defina quanto investir

Muitas vezes escutamos que temos que investir muito para ter resultados nas redes sociais, mas isso não é bem verdade.
Investir é preciso, mesmo com um dinheiro limitado, mas o ideal é começar com um investimento baixo e ir testando quais anúncios trazem maior retorno para o seu negócio.
Que tal determinar um orçamento semanal para esses investimentos?
Vá testando até se sentir confortável e seguro sobre os objetivos, o público-alvo e o conteúdo. O segredo aqui é:

  1.     Analise os resultados

Com seu anúncio no ar, não ache que o trabalho acabou. Verifique regularmente o resultado do seu anúncio, ele vai te dizer se você precisa mudar algum detalhe no público-alvo, se vale ou não a pena manter o anúncio pelo tempo que você determinou, se você está pagando muito ou pouco por clique e tantas outras coisas.
A melhor parte desse tipo de investimento é que ele é flexível e você pode mudar quando quiser.

Dica Extra: você já baixou o App do Facebook para anúncios? Ele é rápido, prático e super simples de usar. Com ele, você pode fazer o anúncio em 5 minutos, e acompanhar os resultados a todo tempo. Vale super a pena!

 

*Lead: cliente potencial, que fornece alguma informação em troca de conteúdo ou que realiza uma compra do seu produto/serviço.

Gostou? Tenho certeza que com esses passos os investimentos no Facebook Ads serão muito mais fáceis para você e o seu negócio. Quer ver mais dicas como essa por aqui? Então deixe seu comentário com o tema que você tem dúvida, e vamos te ajudar com mais posts como esse.

Por: Pati Abbondanza

Fundadora e editora da Dedo de Moça, a Pati é cozinheira por paixão e jornalista por formação. Se especializou em conteúdo de culinária e atua como consultora de diversas marcas do segmento. Passou por um processo de aceleração na Food-X, principal aceleradora de startups de gastronomia do mundo, que fica em NYC, e trouxe na bagagem muito conhecimento empreendedor {que não vale tanto quanto os 10 anos empreendendo na vida real}.