array(6) {
  [0]=>
  object(WP_Term)#7639 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(1536)
    ["name"]=>
    string(10) "Como fazer"
    ["slug"]=>
    string(10) "como-fazer"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(1536)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "category"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(13)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
  [1]=>
  object(WP_Term)#7640 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(186)
    ["name"]=>
    string(9) "Dia a Dia"
    ["slug"]=>
    string(9) "dia-a-dia"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(186)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "ocasioes"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(698)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
  [2]=>
  object(WP_Term)#7638 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(68)
    ["name"]=>
    string(9) "Dia-a-Dia"
    ["slug"]=>
    string(9) "dia-a-dia"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(68)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "category"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(582)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
  [3]=>
  object(WP_Term)#7637 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(56)
    ["name"]=>
    string(5) "Doces"
    ["slug"]=>
    string(5) "doces"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(56)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "category"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(221)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
  [4]=>
  object(WP_Term)#7636 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(187)
    ["name"]=>
    string(9) "Elaborado"
    ["slug"]=>
    string(9) "elaborado"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(187)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "ocasioes"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(344)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
  [5]=>
  object(WP_Term)#7635 (10) {
    ["term_id"]=>
    int(62)
    ["name"]=>
    string(7) "Rápido"
    ["slug"]=>
    string(6) "rapido"
    ["term_group"]=>
    int(0)
    ["term_taxonomy_id"]=>
    int(62)
    ["taxonomy"]=>
    string(8) "category"
    ["description"]=>
    string(0) ""
    ["parent"]=>
    int(0)
    ["count"]=>
    int(501)
    ["filter"]=>
    string(3) "raw"
  }
}

Massa Choux

Por Bia Szasz

Ingredientes

Massa Choux

  1. 250g de água
  2. 120g de manteiga
  3. 2g de sal
  4. 2g de açúcar
  5. 160g de farinha
  6. 250g de ovos (ligeiramente batidos)

array(3) {
  [0]=>
  array(2) {
    ["acf_fc_layout"]=>
    string(5) "texto"
    ["post_texto"]=>
    string(413) "<p>Vocês conhecem a massa choux? É uma massa super leve a base de ovos, manteiga, água e farinha, quando assada a água evapora formando um casquinha externa e bolhas de ar internas, ideal para ser bem recheada. É a massa utilizada para fazer bombas, profiteroles, carolinas e também pode ser recheada com cremes salgados.<br />
Ideal para ser servido em coquetéis, eventos, chá da tarde e sobremesas.</p>
"
  }
  [1]=>
  array(2) {
    ["acf_fc_layout"]=>
    string(14) "acervo_receita"
    ["acervo_receita_ob"]=>
    object(WP_Post)#7681 (24) {
      ["ID"]=>
      int(37751)
      ["post_author"]=>
      string(4) "1013"
      ["post_date"]=>
      string(19) "2018-05-28 12:00:59"
      ["post_date_gmt"]=>
      string(19) "2018-05-28 15:00:59"
      ["post_content"]=>
      string(0) ""
      ["post_title"]=>
      string(11) "Massa Choux"
      ["post_excerpt"]=>
      string(0) ""
      ["post_status"]=>
      string(7) "publish"
      ["comment_status"]=>
      string(6) "closed"
      ["ping_status"]=>
      string(6) "closed"
      ["post_password"]=>
      string(0) ""
      ["post_name"]=>
      string(11) "massa-choux"
      ["to_ping"]=>
      string(0) ""
      ["pinged"]=>
      string(0) ""
      ["post_modified"]=>
      string(19) "2018-05-28 12:00:59"
      ["post_modified_gmt"]=>
      string(19) "2018-05-28 15:00:59"
      ["post_content_filtered"]=>
      string(0) ""
      ["post_parent"]=>
      int(0)
      ["guid"]=>
      string(61) "http://dedodemoca.net/?post_type=acervo_receitas&#038;p=37751"
      ["menu_order"]=>
      int(0)
      ["post_type"]=>
      string(15) "acervo_receitas"
      ["post_mime_type"]=>
      string(0) ""
      ["comment_count"]=>
      string(1) "0"
      ["filter"]=>
      string(3) "raw"
    }
  }
  [2]=>
  array(2) {
    ["acf_fc_layout"]=>
    string(5) "texto"
    ["post_texto"]=>
    string(786) "<p><strong>Importante:</strong> o forno não deve ser aberto enquanto a massa estiver crescendo, uma vez que ela cresceu e formou uma casquinha protetora, você pode deixar ela “secando” por mais tempo no forno em temperatura baixa. A massa choux pode e deve sair bem seca do forno, porque assim que você colocar o recheio ela vai absorver a humidade dele e ficar macia.</p>
<p><strong>Dica empreendedora:</strong> a massa choux pode ser congelada por até 2 meses depois de modelada com o bico de confeitar. Retire do freezer e leve diretamente ao forno, não é necessário descongelar. Quando assada deve estar bem seca antes de receber o recheio e  deve ser consumida no mesmo dia. Ideal para serem vendidas em cafés ou eventos e também como sobremesas em restaurantes.</p>
"
  }
}

Vocês conhecem a massa choux? É uma massa super leve a base de ovos, manteiga, água e farinha, quando assada a água evapora formando um casquinha externa e bolhas de ar internas, ideal para ser bem recheada. É a massa utilizada para fazer bombas, profiteroles, carolinas e também pode ser recheada com cremes salgados.
Ideal para ser servido em coquetéis, eventos, chá da tarde e sobremesas.

Massa Choux

  1. Em uma panela coloque a água a manteiga em temperatura ambiente, o sal e o açúcar. A manteiga deve derreter antes da água começar a ferver, então deixe em fogo baixo se a manteiga estiver gelada ou corte em cubos.
  2. Assim que a água ferver, retire do fogo, despeje a farinha na panela e misture bem com uma colher de pau ou espátula de silicone, depois de bem incorporada a farinha, volte a panela para o fogo para secar a massa. Entre 3 a 4 minutos, misturando sempre, vai formar uma bola que desgruda do fundo da panela. Retire a panela do fogo.
  3. Coloque a massa na tigela de uma batedeira planetária e utilize o batedor em formato de pá. O batedor em formato de globo ou a batedeira manual não devem ser utilizados, porque esse tipo vai incorporar ar na massa, então ou misture a mão com a espátula ou na batedeira planetária com a “pá”.
  4. Deixe esfriar alguns minutos e comece a incorporar pouco a pouco os ovos. A quantidade de ovo pode não ser exata para alcançar a textura desejada, isso dependo do quanto você secou a massa no forno, se precisar coloque mais ou menos ovos. A textura a ser alcançada é uma massa lisa, brilhante e que forma picos e escorre em V quando você puxa com a colher.
  5. Modele a massa com a ajuda de uma manga de confeitar e um bico de confeitar, sobre uma assadeira de bordas rasas forrada com papel manteiga. Deixe a massa secar ao ar livre por 1h antes de levar ao forno.
  6. Leve para assar no forno pré aquecido a 250°C por 12 a 15 minutos, em seguida abaixe o fogo para 150°C e deixe mais 15 a 20 minutos, fique de olho para não queimar.

Importante: o forno não deve ser aberto enquanto a massa estiver crescendo, uma vez que ela cresceu e formou uma casquinha protetora, você pode deixar ela “secando” por mais tempo no forno em temperatura baixa. A massa choux pode e deve sair bem seca do forno, porque assim que você colocar o recheio ela vai absorver a humidade dele e ficar macia.

Dica empreendedora: a massa choux pode ser congelada por até 2 meses depois de modelada com o bico de confeitar. Retire do freezer e leve diretamente ao forno, não é necessário descongelar. Quando assada deve estar bem seca antes de receber o recheio e  deve ser consumida no mesmo dia. Ideal para serem vendidas em cafés ou eventos e também como sobremesas em restaurantes.

Por: Bia Szasz

Apaixonada por confeitaria, me formei em 2014 na França pela Escola Nacional de Confeitaria {formação Alain Ducasse} e trabalhei com chefs renomados em Paris e Lyon. Estive também na equipe de confeitaria de um restaurante 1 estrela Michelin, até que fui convidada para ser a chef de confeitaria em um restaurante no Sul da França. O que eu mais amo nesse universo dos doces? É a arte, inventar e descobrir novos sabores, mas gosto, acima de tudo, de compartilhar e ensinar. Não guardo receitas e nem segredos, porque o que mais quero é que todos consigam fazer doces lindos e gostosos!

Website